Concurso - Unilab abre 194 vagas para servidor técnico-administrativo.

A Unilab publicou nesta quarta-feira (02) o edital 30/2014 para o provimento de vagas de servidor técnico-administrativo em Educação. São ofertadas 78 vagas para o nível superior, com remuneração inicial de R$ 3.392,42, e 116 vagas para o nível médio, com remuneração inicial de R$ 2.039,89, além de auxílio-alimentação de R$ 373,00 para ambos os níveis. As vagas são destinadas aos campi da Unilab das cidades de Redenção e Acarape, no estado do Ceará, e para o campus de São Francisco do Conde, na Bahia.

As inscrições estão abertas das 10h do dia 04 de abril às 23h59min do dia 22 de abril,  A taxa de inscrição é de R$ 80,00 para o nível médio e de R$ 100,00 para o nível superior, a ser paga até o dia 23 de abril. Os candidatos amparados pelos Decretos nªs 6.135/2007 e 6.593/2008, que estejam regularmente inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, podem solicitar isenção do pagamento da taxa no período de 04 a 09 de abril.

As provas serão realizadas no dia 1º de junho nas cidades de Redenção, Acarape, Fortaleza, Salvador e São Francisco do Conde, no período da tarde, e constarão de questões objetivas (V/F) de Português, Administração Pública, Informática Básica, Raciocínio Lógico e Conhecimentos Específicos. A organizadora do concurso é a Universidade Federal da Bahia (UFBA).



Baturité - Acidente entre carro e moto deixa uma vítima fatal na CE-060.


As Polícias Rodoviárias Federal e Estadual registraram, durante as últimas 24 horas, 25 acidentes nas rodovias cearenses, com nove pessoas feridas e quatro mortas. Desses, 14 ocorreram nas rodovias estaduais, com seis feridos e quatro mortes. Nas rodovias federais, foram registrados 11 acidentes, com três feridos.

O primeiro acidente fatal ocorreu na manhã da última terça-feira, 11, em Baturité, 93 km de Fortaleza. Por volta das 11h45min, uma colisão envolvendo três veículos, um carro, uma motocicleta e uma carroça, deixou uma pessoa morta e três feridas. O condutor da moto, identificado como Francisco Elenidlo Noberto Barbosa, 34 anos, veio a óbito no local, no km 78 da CE-060. Condutor e passageiro do carro, além do condutor da carroça, ficarm feridos e foram encaminhados ao hospital.



Foto: Neto Rodrigues

Juiz da comarca de Itapiúna vence Prêmio Melhores Práticas de Gestão.

O vencedor do “Prêmio Melhores Práticas de Gestão 2013” é o juiz titular da comarca de Itapiúna, Erick Omar Soares Araújo, autor da iniciativa “Planejamento, metas e gestão de pessoas na administração judiciária como fator de valorização da imagem do Judiciário”. Os prêmios serão entregues ao magistrado  bem como ao segundo e terceiro lugares hoje, em solenidade do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), organizador da premiação.

O “Melhores Práticas” está em sua segunda edição e tem como objetivo reconhecer ações que contribuem para a modernização, rapidez e eficiência do Poder Judiciário cearense. Esses benefícios são evidentes na iniciativa desenvolvida pelo juiz Erick Araújo, que possibilitou zerar em quatro meses quase 800 processos que estavam pendentes de apreciação em consequência de um período de oito meses em que a comarca de Itapiúna ficou sem titular. O juiz assumiu a titularidade daquela unidade em novembro de 2012.

“Faz um ano, desde março de 2013, que em 24h todos os novos processos são apreciados. A comarca está em dia, não tem nada pendente”, comemora o juiz. O magistrado credita o sucesso de sua metodologia à gestão de pessoas e ao apoio recebido dos demais operadores do Direito, como integrantes do Ministério Público e advogados. Além disso, Araújo maturou sua experiência anterior, em Cariús (a 418 km de Fortaleza), onde também teve êxito no descongestionamento de processos.

Multiplicação
O método consistiu em ordenar o acervo de processos cronologicamente, por prioridade e por matéria; definir metas; selecionar criteriosamente os servidores, além de motivá-los e valorizá-los. O êxito das medidas tem adquirido feições multiplicadoras. “Outras comarcas, quatro ou cinco, já estão aplicando as técnicas e tenho conhecimento de resultados positivos”, aponta Erick Araújo.

“São louváveis essas ações, como a do colega da comarca de Itapiúna e dos demais participantes da premiação, que são demonstrações de como é possível aperfeiçoar a prestação jurisdicional na prática e cotidianamente”, ressalta o presidente da Associação Cearense de Magistrados (ACM), juiz Antônio Araújo.

A experiência da comarca de Itapiúna está disponível para leitura, acesse clicando aqui.

Seleção
As iniciativas que concorreram à premiação foram publicadas, em 2013, por magistrados e servidores no Banco de Boas Práticas, um espaço da Central do Conhecimento do TJCE, presente da intranet do órgão, que visa à troca de experiências de trabalho entre as diversas unidades administrativas e judiciárias. Passaram por triagem da Secretaria Especial de Planejamento e Gestão (Seplag) do Tribunal, do Comitê Executivo (Coex) e foram submetidas à votação online dos magistrados e servidores no período de 11 a 13 de fevereiro.

Ganhadores e participantes
1º lugar: “Planejamento, metas e gestão de pessoas na administração judiciária como fator de valorização da imagem do Judiciário”. Autor: juiz Erick Omar Soares Araújo. Unidade: Comarca de Itapiúna.

2º lugar: “Manual de rotinas cíveis e criminais”. Autora: Francisca Nelzeny Feitosa Santos. Unidade: 14º Juizado Especial Cível e Criminal.

3º lugar: “Excelência no atendimento ao jurisdicionado”. Autora: desembargadora Sérgia Maria Mendonça Miranda. Unidade: Gabinete da desembargadora.

- “Mandado de citação padrão (15 dias para se manifestar)”. Autores: desembargadora Maria Edna Martins (juíza da unidade na época), Expedito Wagner Moreira Quaresma e Aurineide Monte da Costa Moreno. Unidade: 6ª Vara de Família da Capital.

- “Roteiro para consulta processual”. Autor: Expedito Wagner Moreira Quaresma. Unidade: 6ª Vara de Família da Capital.

- “Uso de caixas cedidas pelo CONPAM para armazenar papéis recicláveis”. Autoras: Carla Juliana Lima Lustosa da Costa e Suellen Natasha Pinheiro Correa. Unidade: 7ª Vara de Execuções Fiscais de Fortaleza.

Baturité - Prefeito afastado Bosco Cigano retorna ao cargo.

O prefeito afastado de Baturité, Bosco Cigano (Pros), obteve na tarde desta sexta-feira, 21, um mandado de segurança na Justiça estadual. Com isso, ele pode retornar ao cargo.

Bosco havia sido afastado por 120 dias, após uma série de protestos nas ruas do Município. Entre as principais reclamações estão salários atrasados de servidores. Além disso, Cigano foi denunciado por fraudes em licitações, irregularidades no pagamento de empresas terceirizadas e uso de máquinas do Programa de Aceleração do Crescimento na coleta de lixo do município.

Entenda o caso:

No último dia (17) a população da cidade de Baturité foi as ruas protestar, pedindo o afastamento do prefeito do município Bosco Cigano. muros de prédios públicos amanheceram pichados.

A Câmara Municipal de Baturité afastou, por unanimidade, na última segunda-feira, o prefeito Bosco Cigano (Pros). O afastamento foi motivado por denúncias de irregularidades, é por 120 dias, enquanto o Poder vai apurar o que foi denunciado. No lugar dele, assumiu a petista Cristiane Braga.

No dia (14) Servidores públicos da Prefeitura de Baturité bloquearam a principal via que da acesso ao centro do município, 1km distante da CE-060. Os manifestantes queimaram pneus e fecharam as ruas utilizando motocicletas, caminhões e ônibus. Os manifestantes reivindicavam o pagamento dos salários atrasados.

Capistrano: Policiais militares são flagrados empurrando viatura.

As cenas são constrangedoras, desestimulantes para os policiais e preocupantes para os moradores da pequena cidade de Capistrano, na Região do Maciço do Baturité. 

Os policiais voltaram a enfrentar dificuldades para trabalhar e a nova viatura – com, pelo menos, 10 anos de uso, encaminhada ao Município pela Secretaria de Segurança Pública precisa ser empurrada para funcionar.

As cenas não são velhas, são recentes e e passam a fazer parte do cotidiano da população.

O veículo, adquirida ainda na administração anterior ao governo Cid Gomes, foi enviado a Capistrano há pouco mais de dois meses. Era para substituir a antigo viatura, com a mesma marca e o mesmo modelo. Autoridades políticas e públicas da cidade cobraram a Secretaria de Segurança Pública durante o ano de 2013 melhores condições de trabalho para os policiais e mais segurança. A resposta foi a substituição da viatura, que, também, estava pegando somente no empurrão.

O veículo “novo”, com cara de velho, chegou, mas poucos dias após começar a ser usado já exigia o mesmo esforço dos policiais: empurrá-lo ladeira abaixo para o motor funcionar. As cenas voltam a gerar protestos dos moradores que cobram mais atenção da Secretaria de Segurança Pública com a cidade de Capistrano.

Com informações do Ceará Agora

Repúdio à cobertura do monopólio da imprensa.

Lamentamos o falecimento do cinegrafista Santiago Ilídio Andrade e se solidariza com sua família nesse momento extremamente doloroso.

Sobre os acontecimentos que se precipitaram a partir da última quinta-feira, 6 de fevereiro, data do ato contra o aumento das passagens no Rio de Janeiro, como imprensa popular e democrática, colocamos algumas questões e reflexões que julga necessárias a esse debate.

Manifestamos nosso repúdio à maneira como o monopólio da imprensa tem tratado o episódio, intensificando enormemente a campanha de criminalização do movimento popular, demonstrando o desespero das classes dominantes para aplacar as jornadas de luta iniciadas em junho de 2013 e que se anunciam agigantadas para 2014.

A morte de Santiago é algo há muito aguardado pelas classes dominantes, seus serviçais na gerência do velho Estado e o monopólio dos meios de comunicação e foi a senha para desatar por todos os meios a mais odiosa campanha contra o povo em luta. Imediatamente após o incidente, um verdadeiro bombardeio de declarações, desmentidos, mudanças de versão, etc, entulharam televisões, rádios, jornais e internet com debate sobre a autoria do disparo.

Esse mesmo monopólio dos meios de comunicação, porta-voz das classes dominantes do Brasil, que se refestela com milhões do dinheiro público, sonegação e outros tipos de crimes, não dedicou nem um quinto do espaço aos casos de jornalistas covardemente atacados pela polícia nos protestos de 2013. 

Casos como do fotógrafo Yasuyoshi Chiba, espancado no Rio em julho; ou de Giuliana Vallone, repórter da Folha, atingida por uma bala de borracha no olho em junho; ou o fotógrafo Sérgio Silva, que ficou cego após também receber uma bala de borracha no olho. Nem mesmo esses casos que vitimaram empregados do próprio monopólio da imprensa ganharam uma campanha insana em busca do culpado em qualquer das polícias genocidas do Brasil. Estima-se que mais de 110 jornalistas foram agredidos em manifestações desde junho, a imensa maioria por parte da polícia.

O mesmo se passou com o repórter de AND, Patrick Granja, atingido por uma bomba de efeito moral, cuja explosão dilacerou sua panturrilha. Alguma palavra da Globo ou congêneres? Alguma busca pelo culpado? Igualmente com Amarildo, assassinado na Rocinha por policiais da UPP. Há alguma pauta no monopólio exigindo o aparecimento de seu corpo?

Notadamente a facção dominante do monopólio dos meios de comunicação, a Globo, se esforça muitíssimo nessa tentativa de criminalizar os protestos, entre outras razões porque é escorraçada das manifestações desde que a primeira ocorreu em junho, o que eleva seu ódio ao povo à décima potência.

Em última instância, o culpado pela morte de Santiago é o próprio monopólio dos meios de comunicação em geral e seus patrões da Band principalmente, já que colocaram um profissional para trabalhar em um combate entre polícia e manifestantes sem a mais mínima proteção.

Por fim, a repudiamos  essa cobertura orquestrada, o que evidencia seu caráter de monopólio, da chamada “grande mídia”, que teme mais que tudo sua perda de influência, principalmente entre os jovens, que agora mais que nunca passarão a ser tachados de “terroristas”, algo que vem muito a calhar para os planos dessa gente que deseja apenas assegurar seus lucros e benesses. Nada há que esperar de positivo para o povo do velho Estado ou do monopólio da imprensa.

Texto retirado e editado do Jornal -  A Nova Democracia.

Eleita nova mesa diretora da Câmara Municipal de Itapiúna.

Foi realizada no fim da tarde de hoje, a Sessão Especial para eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Itapiúna, biênio 2015/2016. Para o pleito fora inscrita apenas uma chapa, essa composta da seguinte forma:

Cláudia Freitas: Presidente
Chico Roque: Vice-Presidente
Edinardo Bezerra: 1º Secretário
Erika Medeiros: 2º Secretário


Por unanimidade, (onze votos a favor) foi eleita a chapa encabeçada pelo Vereadora Cláudia Freitas, esta vindo pela primeira vez a ocupar o cargo de Presidente do Poder Legislativo Municipal.

Em seguida a nova chapa recebeu os cumprimentos e elogios enfatizando o propósito do trabalho em conjunto de todos os membros do Legislativo Municipal.

No dia 23 de Janeiro, a Câmara votou e aprovou o requerimento nº 001/2014 de autoria dos vereadores da oposição, Edinardo Bezerra(PSD), Antônio Valberto Freitas-PSD e Érika Medeiros -PROS, onde  agendou a eleição para renovação da Mesa Diretora da Câmara Municipal.

O resultado da votação foi de 6 x 4. Os vereadores que votaram a favor foram: Cláudia Freitas -PP, que já se coloca como possível candidata da oposição o que poderá se confirmar, pois a mesma tem o apoio dos parlamentares da oposição.

Os vereadores Valdecy Freitas e Chico Roque, ambos do PCdoB, também votaram a favor juntamente com a vereadora do PROS, Érika Medeiros.